Por Sylvain Justum

A praia da Cia Marítima é poderosa. Além do casting estrelado – Izabel Goulart, Shirley Mallmann, Ana Claudia… -, a opulência reina no brilho dourado de peças para o pós-praia e nos maiôs decorados, de desenho complexo, feitos para a mulher que se liga mais em estilo do que em um bronzeado perfeito.

Nota-se a diferença de foco em relação a outras grifes de beachwear já no piso da passarela, de palha, como a da esteira, no lugar da tradicional areia.

A mulher da grife paulista é jet-setter,  prefere seu refúgio particular à democracia de outros litorais. E tudo bem. Tem para todas.

Em sua bagagem, caftãs esvoaçantes, bordados rebuscados e acessórios de peso – como as sandálias em arco-íris, as maxibolsas de couro e os colares metalizados.

Já os prints, são mais universais.  Reencontramos abacaxis, paisagens de pôr-do-sol – bordadas na malha de metal, é bom frisar – e demais onças, clássicos do verão sempre bem vindos.

Entre os poderosos maiôs, ganha o de Aline Weber, em X, bordado de plaquinhas cobreadas, enquanto nas propostas off beach, leva o prêmio o macaquinho estampado de Camila Finn. Riqueza.

O melhor look: O vertiginoso maiô em X de Aline Weber, todo bordado com plaquinhas metalizadas. Too sexy!

A modelo: Izabel Goulart justificou plenamente a alcunha de The Body que lhe foi atribuída há algum tempo

O acessório: Os colares de peixinhos metalizados unem luxo e diversão