Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Nesta temporada de moda internacional, uma tendência curiosa atraiu os olhares dos fashionista: as roupas que criam uma ilusão de ótica por meio de desenhos. Elas foram vistas em Nova York e Milão, e conferem ar engraçadinho ao look.

Quem levou o recurso ao extremo foi a Moschino. Brincando com as nostálgicas bonecas de papel que fizeram parte da infância de gerações, a marca exibiu vestidos que ganhavam novas formas com “chapas” estampadas . Babados, movimentos e até o corpos foram reproduzidos com impressões em 2d.

De maneira cool, inusitada e completamente usável, Thom Browne desfilou, durante a semana de moda de Nova York, vestidos de paetês que imitavam looks completos, com saia, cardigã, coletes, camisas e até gravatas. Já durante a semana de Berlim, a estilista Edda Gimnes mostrou peças conceituais com formas amplas e rabiscos infantis, como se fosse de fato um desenho sobre uma folha.