Cristina Carolo e Patricia Simioni - foto: arquivo
Cristina Carolo e Patricia Simioni – foto: arquivo

Existem cidades que guardam seus segredos – e só quem é morador conhece – , que têm um quê insider e também de clube fechado, coisa rara nas metrópoles do eixo SP-Rio. Ainda que bastante desenvolvida, Ribeirão Preto (a 318 quilômetros da capital paulista) é uma delas. Entre lojas de bairro, franquias e quatro shoppings, a Dei Due se destaca. Criada há dezesseis anos pelas amigas Cristina Carolo e Patricia Fimioni, é um dos hotspots do interior. “A multimarcas nasceu de uma vontade imensa de fazermos algo de que gostávamos muito e que fosse bacana, com marcas nacionais diferenciadas”, conta Cristina.

A primeira loja, que fica no bairro Boulevard – espécie de Jardins local –, ainda é o carro-chefe, mas, há pouco mais de dois anos, ganhou concorrência forte: uma filial abriu as portas no Shopping Iguatemi, o mais novo espaço de luxo da região. A clientela, no entanto, não é exatamente a mesma. Com supervisão de Camila Fimioni (filha de Patricia), a loja do shopping acaba trazendo clientes novas, que são atraí – das pela vitrine; na de bairro, moças que já conhecem o perfil das proprietárias passam as tardes escolhendo seus looks favoritos.

O estilo é inconfundível: da mulher elegante que vai do trabalho ao happy hour, do café da manhã ao jantar sem perder a pose nem a postura. As peças vendidas na Dei Due são destinadas a quem quer estar sempre elegante, mesmo enfrentando um calor de 38º C, nada raro por lá. A temperatura, aliás, é um dos fatores que dão o tom da loja. Isso porque, em uma cidade na qual os termômetros nunca apontam abaixo dos 20º C, não há necessidade de uma coleção forte de inverno. “As mulheres querem estar sempre frescas. Nossos destaques são peças de algodão, linho, vestidinhos floridos, perfeitos para se manter chique, mesmo no deserto”, brinca Cris. É que, em Ribeirão, pensar no frescor e no conforto da mulher é imprescindível para que um negócio de moda dê certo. Questão de sobrevivência.

Entre as marcas exclusivas que a Dei Due vende, Mixed, Talie NK e Cris Barros são as principais – e com a totalidade das coleções, algo que Cristina, Paula e Camila, responsáveis pela seleção de tudo que entra nas araras da multimarcas, fazem questão. Vanessa Montoro, Skazi, Lolitta, A.Niemeyer e Marisa Ribeiro são algumas das outras marcas que completam o portfólio. Hoje, só trabalham com vestuário feminino, mas, no início, vendiam tanto para homens quanto para mulheres – daí a criação do nome.

Antes de entrar para o mais novo shopping de Ribeirão, a Dei Due também mantinha um setor especializado em moda praia, no Shopping  Santa Úrsula, batizado de Dei Due Blu. A antiga loja se transformou em um corner, que comercializa marcas como Vix, Sub, Lenny Niemeyer e Club Bossa, porém, sem perder o charme de um cantinho destinado às tardes na piscina – já que, como dito antes, o verão da cidade dura 365 dias no ano – ou temporadas à beira-mar. É nesse ponto, aliás, que a multimarcas se destaca das demais, criando saídas de banho de produção própria há quase uma década. Quando questionada sobre por que nunca pensou em vender marcas internacionais, Cristina é enfática: “Nossa moda é muito adequada ao clima do País, temos roupas frescas até no inverno. No Brasil, as peças são feitas especialmente para as brasileiras, com tecidos maravilhosos, cortes precisos e superbem feitas.” Precisa de mais?