Passarela estilizada no desfile de inverno 2015 da Dsquared2 - Foto: Getty Images
Passarela estilizada no desfile de inverno 2015 da Dsquared2 – Foto: Getty Images

Por Marco Gurgel

Dean & Dan Caten trouxeram para o inverno 2015 da Dsquared2 um batalhão de it-girls internadas em um hospital psiquiátrico, que eles descrevem como “Vivendo em um mundo de perdição – a garota dos anos 60 encontra a garota interrompida.”

A dupla olhou para o lado mais glam e blasé da década e adicionou seu olhar perverso, que já em seu look inicial trazia uma típica diva sessentinha ultrassofisticada escoltada por duas enfermeiras. No decorrer do desfile, eles confirmam o quanto esta mulher, mesmo obrigada a frequentar uma instituição mental – está disposta a ostentar seu poder material: plumas, bordados, aplicações, peles, estampa de leopardo e uma série de couro de cobra em tons vibrantes de tirar o fôlego e encher os olhos.

A silhueta se manteve fiel ao DNA da marca, muito sexy sem cerimônia onde a minissaia de Mary Quant foi a grande protagonista na maior parte dos looks, dividindo espaço vez ou outra com longos clássicos hollywoodianos, dignos de Marilyn Monroe. Outro highlight da coleção foi os braceletes, versões ultraluxuosas das algemas que prendem os pacientes às camas e cadeiras. Loucura fashion!

Clique em nossa galeria para ver looks selecionados da grife, em desfile apresentado nesta segunda-feira (24.02), na semana de moda de Milão: