O prêmio Cartier Women's Initiative Awards - Foto: reprodução
O prêmio Cartier Women’s Initiative Awards – Foto: reprodução

O Cartier Women’s Initiative Awards, premiação criada em 2006 que reconhece projetos sociais  idealizados por mulheres empreendedoras do mundo todo, tem pela primeira vez duas brasileiras entre as finalistas. Erika Foureaux, do The Products, que produz móveis adaptados para crianças com deficiência física, e a jovem Bel Pesce, do FazINOVA, uma escola de empreendedorismo, são duas das três empreendedoras indicadas na América Latina.

“É uma alegria observar essas mulheres criarem novos negócios”, observa Stanislas de Quercize, presidente da Cartier. “Apoiamos ideias de vanguarda e o espírito empreendedor por meio desse prêmio”.

As duas brasileiras e outras 16 finalistas – da Ásia Pacífico, Europa, América Latina, Oriente Médio e Norte da África, América do Norte e África Subsaariana – terão coaching de três meses e irão a Deauville em outubro para apresentarem seus projetos e participarem da grande final. As seis premiadas ganham 20 mil dólares e um ano de coaching, além de oportunidades de networking e visibilidade na mídia.