Pedras, cristais, resina e madeira sobre base de metal banhado a ouro. É essa a mistura de materiais das bijoux maximalistas da Prishma, nova marca de acessórios das cariocas Maria Pelledrino e Manoela Pinto. Arquitetas de formação, a dupla desenvolve suas peças em blocos de cera, que servem como moldes para seus colares, brincos e pulseiras.

“Para nós, cada peça não deixa de ser um projeto de arquitetura, o que muda é a escala”, explica Manoela. À venda no e-commerce da marca.