Por Sylvain Justum

Depois de um inverno sombrio e quase monástico, Reinaldo Lourenço solta as amarras e vai curtir o verão a bordo de uma lancha Riva, no litoral mediterrâneo.

Para tanto, joga a âncora no universo esportivo, revisita a alta costura dos 60´s e entrega uma coleção fresca e muito chique.

Elementos da embarcação, como a proa, com pára-brisa e tudo, – retomada nos divertidos escarpins – e a madeira nobre usada em sua construção – transformada em print –, por exemplo, são referências constantes na coleção de Reinaldo.

Bolsos com elásticos e de cores constrastantes, recortes e amarrações esportivas, cheias de ilhoses – foram mais de 30 mil ao todo! -, tratam de enfeitar os looks de silhueta estruturada, ovalada, de ombros despencados para remeter ao relax do passeio de barco.

Tudo curtinho, otimista, com a ajuda da cartela onde predominam azuis, brancos, laranja e pink. Sem falar da deliciosa estampa de lanchas coloridas no fundo branco, a decorar jaquetas e parkas combinadas com microssaias.

Vestidos – muitos! – tem shape camiseta – ou pólo – e ganham mangas raglan, além do minucioso trabalho de micromatelassê sobre a zibeline, no bloco final, já com a lancha ancorada para um coquetel. Nessa família, os decotes passam para o tomara-que-caia, ombro -a-ombro e nadador, mostrando mais pele e acentuando a cinturinha. Coleção fresca, desejável e muito elegante.

O melhor look: O vestido magenta de Alicia Kuczman, de zibeline micromatelassada, com decote nadador, cintura marcada e base estruturada.

O acessório: o escarpin com pára-brisa e friso pink dá postura de princesa com uma pitada de bom humor. Quer coisa melhor?