Festival de Cannes: celebridades reforçam a atemporalidade do all black
Adriana Lima, de Balmain – Foto: Getty Images

Nesta terça-feira (17.05), foi dada a largada à edição de 2022 do Festival de Cannes. Neste ano, o evento é marcado por diversos marcos especiais, incluindo seu aniversário de 75 anos e o fato de, pela primeira vez na história, cinco filmes dirigidos ou codirigidos por mulheres estarem indicados ao Palma de Ouro, troféu mais importante entregue pelo festival francês.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Além de estrear os filmes mais comentados dos próximos meses, o Festival de Cannes também é conhecido por seus luxuosos tapetes vermelhos. Vestidos extravagantes, sensuais e cheios de brilhos costumam chamar a atenção das artistas que comparecem às premières que acontecem ao longo do evento, mas há um estilo que nunca fica de fora dos dias agitados de Cannes: o all black.

Visuais criados com peças pretas oferecem uma enorme gama de possibilidades, que vão dos looks clássicos e elegantes aos mais ousados e inesperados. Neste ano, não tem sido diferente. Com três dias de evento, é possível ver que o all black não perde sua força e continua um dos recursos fashionistas preferidos das celebridades.

Veja abaixo como atrizes, influenciadoras e outras convidadas apostaram no tom clássico:

Alfaiataria

Festival de Cannes: celebridades reforçam a atemporalidade do all black
Fotos: Getty Images

Não são apenas os vestidos que se destacam nos tapetes vermelhos – a alfaiataria sempre tem um espaço garantido entre as escolhas das celebridades e, quando eleita na cor preta, reforça a vontade de criar um visual mais elegante. Julia Roberts elegeu um modelo da Louis Vuitton para o evento, enquanto Rossy de Palma usou Saint Laurent no primeiro dia do Festival de Cannes.

Transparência

Festival de Cannes: celebridades reforçam a atemporalidade do all black
Fotos: Getty Images e Reprodução/Instagram/@rochellehumes

A transparência foi uma das técnicas eleita pelas celebridades para criar visuais mais ousados. Enquanto Eva Longoria optou por um modelo da Alberta Ferretti em que os babados deixavam a nitidez do tecido fino mais sútil, Rochelle Humes, de Celia Kritharioti, se jogou em um modelo mais sensual.

Barriga à mostra

Festival de Cannes: celebridades reforçam a atemporalidade do all black
Fotos: Getty Images

Não foi apenas Adriana Lima que cruzou o tapete vermelho com a barriga à mostra. Grace Elizabeth, de Ashi Studio, e Rebecca Hall, de Gucci, também escolheram modelos com recortes que deixam a região de fora. Enquanto a primeira usou o decote volumoso como outro destaque da peça, a segunda optou pelo bordado para iluminar o visual.

Decote baixo

Festival de Cannes: celebridades reforçam a atemporalidade do all black
Fotos: Getty Images

Os decotes têm ganhado destaque nesta edição do Festival de Cannes. Além dos modelos com volume, como o de Grace, e as versões ombro a ombro, o corte mais baixo – que deixa o colo à mostra – tem se revelado um queridinho das celebridades. Dois exemplos construídos de formas diferentes (um em V e o outro com alças) são os vestidos escolhidos por Julianne Moore, de Bottega Veneta, e por Paola Locatelli, de Valentino.