Foto: Divulgação

Por Silvana Holzmeister e Marcela Palhão

Era 1975 quando Giorgio Armani lançou a primeira coleção, decidido a criar roupas para pessoas reais. Já naquela época, para ele modernidade significava simplicidade. Não à toa, a alfaiataria se tornou sua obsessão e o blazer, seu primeiro foco.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Olhando para trás, são 45 anos de um trabalho incansável para criar peças que resistem ao tempo. Daí “Timeless Thoughts” como título do desfile feminino e masculino e também do documentário sobre a trajetória do estilista, narrado pelo ator italiano Pierfrancesco Favino, exibido quase simultaneamente ao desfile.

Armani foi o primeiro a desfilar sem plateia, ainda no início do ano, preocupado com o avanço da Covid-19, na Itália. E manteve o formato para o verão 2020, que fecha este sábado (26.09) na semana de moda de Milão. A coleção dá continuidade à silhueta fluida e feminina que Armani vem trabalhando nas últimas estações. A soma é de linhas puras com cores neutras, resultando em uma elegância easy-going que ganha força em sobreposições de calça, vestido e blazer em modelagem soft.

A ideia de uma roupa urbana elegante e descontraída se estende ao masculino. É à noite que a imagem, para ambos, ganha sobriedade, com destaque para as calças deles, mais curtas, com efeito jovial. Aos 86 anos e à frente do império que construiu, Giorgio Armani mostra que se mantém fiel à atemporalidade estética, mas atento à evolução social. Veja dez coisas que amamos na coleção:

O efeito

Fotos: Divulgação

Entre as padronagens escolhidas para a coleção foi um efeito devoré construído na seda.

O quimono urbano

Foto: Divulgação

A silhueta fluida e feminina da coleção é muito bem representada neste quimono.

O blazer

Foto: Divulgação

Entre as peças atemporais da Giorgio Armani, o blazer preto bordado com canutilhos é impecável.

As sobreposições

Fotos: Divulgação

Vestidos, calças e blazeres foram usados para criarem sobreposições elegantes.

O pink metalizado

Foto: Divulgação

Acessórios, como bolsas e sapatos, foram apresentados com um acabamento metalizado e em tom de rosa.

O pijama

Fotos: Divulgação

Depois de nos acompanhar ao longo da quarentena, os pijamas inspiram o outwear.

As cores

Fotos: Divulgação

A paleta da coleção reúne cores mais neutras, principalmente tons acinzentados.

Os bolsos

Fotos: Divulgação

Os bolsos acrescentaram ainda mais charme a vestidos e saias

Bijoux

Fotos: Divulgação

Os acessórios apresentados junto com a coleção também merecem uma atenção especial.

Os ternos

Fotos: Divulgação

Uma das especialidades da grife, os ternos continuam impecáveis.