Handred x Oficina Brennand – Foto: Agência Fotosite/Divulgação

Pode parecer estranho que uma coleção inspirada no trabalho de Francisco Brennand e feita em parceria com a Oficina Brennand seja confeccionada apenas com tecidos brancos. Mas a Handred se inspira na simbologia do início – a folha em branco antes do desenho de um novo croqui e a esmaltação branca dada antes da queima da argila, que vira cerâmica – para criar as peças apresentadas no São Paulo Fashion Week.

Uma inteligentíssima escolha quando vemos como o trabalho do artista pernambucano é traduzido nas peças: com cerâmicas criadas pelos oleiros da Oficina em exclusividade para a marca e em pequenas proporções, se transformando em botões e aplicações.

Richelieu e os bordados em ponto labirinto se misturam à seda, ao shantung e ao linho para homenagear grandes marcos da carreira do artista, incluindo os figurinos que ele criou para “O Auto da Compadecida”. Impossível não se apaixonar pelo trabalho minucioso e delicado, que pode ter o branco como plano de fundo, mas jamais passará despercebido.

Veja os looks femininos apresentados no desfile: