Foto: Acervo pessoal

A vitrine atual da Hermès no Shopping Cidade Jardim ganha bossa especial nesse mês. O artista plástico e ilustrador paulistano Alex Senna é o responsável pelos delicados desenhos que decoram as vitrines da loja nacional da Maison. Harper’s Bazaar bateu um papo com o designer sobre o projeto especial. Confira:

Harper’s Bazaar – Como rolou o convite para fazer a vitrine da Hermès?
Alex Senna – Quem me chamou foi o Billy Castilho. Ele faz as vitrines de lá e teve a idéia de me chamar pra ilustrar essa.

HB – Qual foi a sua inspiração?
AS – Nós tinhamos um conceito que é o tempo. Como meus desenhos já têm um misto de romantismo e melancolia, foi fácil de realizar.

HB – Como foi o processo de produção?
AS – Foi todo digital. Eu fiz as ilustrações, que foram impressas nos panos de fundo. O Billy ainda colocou os elementos reais, como o banco e o poste de luz, para agregar mais.

HB – É a primeira vez que colabora com uma grife de moda?
AS – Já fiz trabalhos pra Nike e Adidas, que tem um apelo mais street. No segmento de luxo, só a Hermès.

HB – E os planos futuros?
AS – Participo de uma exposição coletiva no Mis, a Arte e Cinema pelos pôsters, que abre agora dia 9 de outubro. Depois disso começo a produzir novamente para uma exposição em 2013.

Que saber mais sobre o trabalho do artista? Acesse www.alexsenna.com.br

O resultado da vitrine da Hermès, com desenhos assinados por Alex Senna