Fotos: Getty Images

O militarismo, tendência que já está nas ruas neste inverno, é o ponto de partida para a coleção de Prabal Gurung. No exército extremamente feminino do estilista, há também espaço para referências bondage (nos cintos, sapatos e botas afiveladas) e folclóricas (nos bordados e estampas inspirados em motivos ucranianos).

O top verde oliva com gola de pele e peplum na cintura, que abre o desfile, dá o tom da apresentação. Seguem na passarela marcantes jaquetas decorada com zíperes, botões e dragonas. Em alguns looks, “armaduras” de couro chamam atenção.

Os bordados estão presentes em peças como as blusas com peplum na cintura, e foram inspirados no artesanato típico das mulheres que integram um grupo separatista da Ucrânia, chamado Asgarda. Estas personagens vivem nas montanhas Carpathian como as místicas amazonas: sem homens e treinando artes marciais. “Toda a coleção é sobre o poder”, resumiu Gurung.

O lado mais feminino do trabalho de Gurung aparece nos vestidos de cetim, com recortes que deixam a pele à mostra. Na galeria abaixo, confira looks selecionados do show deste sábado (09.02):