Cara na passarela da Lanvin - Fotos: Getty Images

Pouco antes de apresentar a coleção de inverno 2014 da Lanvin nessa quinta-feira (28.02) em Paris, o diretor criativo da grife, Alber Elbaz, confessou ter se desiludido com o mundo da moda na temporada anterior, ao ver estilistas brigando entre si, com jornalistas, blogueiros e editores que só querem saber de sair bem na foto. Logo, passou a questionar o seu próprio papel na indústria e o motivo de tudo aquilo. Prestes a largar tudo, o estilista encontrou o antidoto necessário para continuar, na performance de Tilda Swinton, The Impossible Wardrobe, realizada no Palais de Tokyo durante o festival de outono de Paris, em outubro do ano passado.

Ao ver a atriz com um simples robe branco apresentando uma série de peças históricas da moda, Alber percebeu que o que realmente importa para ele na indústria é o ofício. Com isso em mente e o seu amor por vestir as mulheres em roupas fabulosas, o designer levou à passarela de inverno da Lanvin uma linda coleção, repleta de peças espetaculares.

Ironicamente, o estilista abre o desfile com um look simples: um vestido preto com babados na saia, que logo dá lugar a peças mais elaboradas, como um conjunto de calça e blusa de mangas compridas, com flores aplicadas, vestidos e casacos estruturados, com ênfase nas curvas femininas.

O vestido tem presença constante, tanto em construções minimalistas – como o look azul clarinho sem mangas –, quanto elaborações luxuosas, como as entradas de renda combinadas com peles e couro, passando pelas delicadas estampas florais e os preciosos broches de borboleta aplicados nos vestidos do bloco final. Alber também apresenta uma série de opções diurnas, como uma calça cropped de alfaiataria combinada com blazer sequinho e blusa romântica de organza. Impecável.

O resultado é glamoroso, mas não sacrifica o tom emocional da coleção. Talvez por isso, o designer escolhe decorar os dois últimos looks com colares nos quais se lê “Happy” e “Cool”. Moda com beleza, glamour e paixão? Como ser mais cool do que isso?