Céline - Inverno 2014

Para o inverno 2013 da Céline, Phoebe Philo revisita algumas propostas de sua forte coleção de verão, mas deixa um pouco de lado as referências esportivas, para apostar em um look mais feminino, sempre exercitando seu minimalismo infalível, que vem para reafirmar seu status de estrela do grupo LVMH, responsável pela marca.

As pelerines da temporada passada estão de volta e aparecem já na primeira entrada, mas a combinação com um vestido na altura dos joelhos evidencia a mudança da mulher Céline, que entra em clima mais soft, mas em nenhum momento, menos poderoso. O exercicio hi-low também é admirável nesta coleção, afinal transformar simples pedaços de tecido em clutches desejo e ainda colocá-las ao lado de peças extremamente luxuosas não é tarefa para qualquer um, mas é algo que, para Phoebe, parece vir sem nenhum esforço.

A manipulação de tecidos ainda é o foco de Philo e permite a construção de shapes estruturados – retos e encasulados –  como um casaco 3/4 cinza claro que surge mais reto na frente e volumoso atrás ou uma capa oval com um mix xadrez vibrante, que sinaliza um momento mais “decorado” da designer – pense nas nossas tradicionais sacolas de feira plastificadas. Todos os looks são finalizados com botas de couro adesivas, em cores coordenadas, em versões médias ou extremamente longas, para suprir a ausência de calças na coleção.

Os volumes fluidos duelam com shapes retos o tempo todo. As saias são justas no quadril e amplas na barra, enquanto as blusas permanecem estruturadas.Os tubos também vão aos extremos, surgindo em versões tão simples que os bolsos quase somem, ou com camadas extra de tecido, dando a impressão de terem sido tirados e amarrados na cintura. O conceito pode até parecer rebuscado, mas é absolutamente easy nas mãos de Philo e seu nível superior de elegância e consistência.