Maison Margiela - Foto: Getty Images
Maison Margiela – Foto: Getty Images

Diferentemente das Moon Girls, de André Courrèges, e das garotas prateadas de Paco Rabanne criadas na década de 1960, a temporada de inverno 2019 propõe uma atmosfera futurista caótica, em busca de sobrevivência, à la “Blade Runner 2049”, o longa de ficção científica de 2017.

Com a sensação melancólica de insegurança e desgaste emocional nas megalópoles, graças ao momento às questões sociais, econômicas e ambientais, foi o zeitgeist entre os diretores criativos, que pautaram suas coleções baseadas, principalmente, na proteção.

John Galliano deixou clara a sua proposta de defesa e pressa na hora de vestir suas modelos para a mais recente apresentação da Maison Margiela. Elas pareciam preparadas para qualquer tipo de conflito – de guerra nuclear às intempéries causadas pelo aquecimento global. Há cagoules acolchoados sobrepondo casacos comuns, trench coats atados com coletes feitos apenas com tiras de couro e uma série de peças de plástico e materiais holográficos com tom de protetores.

Calvin Klein - Foto: Getty Images
Calvin Klein – Foto: Getty Images

Com refletores aplicados nas jaquetas, balaclavas e botas de cano alto, Raf Simons decidiu levar os uniformes dos bombeiros norte-americanos em forma de macacões e casacos que contracenaram com acessórios e vestidos de shapes femininos para a Calvin Klein.

Prada - Foto: Getty Images
Prada – Foto: Getty Images

Miuccia Prada, e todas as suas reivindicações feministas, apostou no discurso antimedo, mantendo a sala sombria e deixando luz e cor apenas para as modelos que atravessavam a sua passarela. Além dos tons fluorescentes brilhantes, as modelagens representavam uma espécie de escudo, contrastando coletes de nylon com vestido de tweed, franjas plastificadas e parkas acolchoadas.

Preen by Thornton Bregazzi- Foto: Getty Images
Preen by Thornton Bregazzi- Foto: Getty Images

Aproveitando o embalo de falar sobre a força feminina, os designers Thea Bregazzi e Justin Thornton, da Preen by Thornton Bregazzi, investiram em peças criadas a partir de roupas de mergulho, como parkas, capuzes justos, bolsas-boia em tons marinho, inspiradas nas mulheres coreanas da costa de Jeju. Por lá, em alguns casos, elas são as responsáveis por sustentar a família, enquanto os maridos ficam em casa cuidando dos filhos. A valorização da prática é pelo mergulho em busca de moluscos raros e extremamente valiosos nas águas profundas da região ser feito sem aparelhos de oxigênio.

Off-White - Foto: Getty Images
Off-White – Foto: Getty Images

Na mesma estação, Virgil Abloh transformou a referência das amazonas em uma proposta cool, com versões de jaqueta com textura de crocodilo, saias metalizadas e capuzes muito fechados para a Off-White.

Lacoste - Foto: Getty Images
Lacoste – Foto: Getty Images

No desfile da Lacoste apresentado em Paris, modelagens amplas em camadas, nylon e veludo cotelê se destacaram em anoraks, vestidos e jaquetas, evidenciando um respiro vintage da década de 1980, ainda que protetor.

Mesmo contrapondo a ideia de nebulosidade e escuridão, o impulso da vez é analisar os diversos tipos de viés que as passarelas trazem e entender o que elas querem alertar. Afinal, a conscientização está cada vez mais in.