Bazaar no backstage da Iódice, minutos antes do desfile de verão 2014 - Foto: Paulo Reis/Harper's Bazaar
Bazaar no backstage da Iódice, minutos antes do desfile de verão 2014 – Foto: Paulo Reis/Harper’s Bazaar


Por Sylvain Justum

As lolitas de Valdemar Iódice estreiam no Fashion Rio fiéis à identidade vaporosa da grife paulista, que está abrindo lojas na cidade maravilhosa e assumindo, aos 25 anos, um foco comercial e vendedor. Não há nenhum demérito nisso, veja bem. Os já célebres vestidos de jérsei da Iódice ganham a companhia de outros tão sexy e elegantes quanto, de seda, tingidos em cartela de macarons e de barras assimétricas. Detalhes metalizados dão uma providencial pitada rock´n´roll às mulheres que se dividem entre a silhueta estruturada e a fluidez do material. Há ainda um bonito trabalho de texturas, com melhores resultados no couro cortado a laser em formato de folhagem e na versão croco prensada, em relevo. Parece, mas não é.

Fendas, decotes deep V e muita, muita pele à mostra, sobretudo nos looks de coletes alongados usados sobre cropped tops, deixam claro que Valdemar conhece a sua cliente, sabe o que ela espera da marca e o que vai vender. Não é um sexy agressivo, é delicado, e os saltos baixos são outra prova de que a grife está madura, sim, capaz de oferecer mais que o óbvio. São bonitos os florais da primeira parte do desfile e interessantes os jacquards tecnológicos e coloridos com efeito molhado. Sobra espaço para muita transparência no tule, renda guipure e um bloco P&B com os recortes estratégicos do novo sexy. É iódice em sua mais plena forma.

O look
Escolha qualquer um dos levíssimos vestidos de seda colorida do final do desfile. De barra assimétrica e detalhes em metal no colo, são a perfeita síntese de uma mulher que pode, sim, ser sexy sem perder a elegância.

Clique na galeria abaixo para ver mais looks selecionados da grife: