trench-2

Por Matheus Evangelista

Colocar as mangas de fora… Opa! Desta vez não vai dar, afinal, a tendência da vez é não ter manga nenhuma. Calma, sem desespero! Atemporal e nada passageiro, o trench coat sem mangas veio pra ficar, e Bazaar explica como colocar em prática essa tendência que saiu das passarelas direto para as ruas. O editor de moda Lucas Boccalão vai explicar tudo que você precisa saber para inserir essa nova proposta no seu dia a dia a-go-ra!

+ Resort 2016: as tendências para usar já!

 

“As duas formas mais atuais de se usar o sleeveless trench são: direto na pele, como vestido, inteiro abotoado e com um cinto marcando a cintura. Para os dias quentes, se preferir, use com vestido camisola curto, de seda, aquele que parece um ‘forro’ mesmo, assim dá para usar a peça aberta e ganhar mais conforto. Para dias mais frios, a melhor opção é um vestido curto, justo, de tricô ou cashmere com mangas longas e gola rulê”, explica Lucas, que acredita também no equilíbrio da peça apostando apenas em duas regras básicas:

trench-1

Usar a peças da mesma altura/tamanho

“Se o trench for longo, use com vestido curto, saia mini, micro shorts ou vestidos longos e calças que desçam até o chão ou na altura dele. Não vale ficar no meio termo. Calças que beiram as canelas, saias midi e similares só funcionam também se o comprimento da peça terminar na barra delas ou vários centímetros acima”, ensina Boccalão.

Comprimentos opostos

“Caso a peça seja curta, complementos alongados são uma ótima opção e assim por diante. – vale lembrar que os complementos precisam ter comprimento oposto ou muito próximo disso”, defende Lucas.

E quem já sai por aí com um trench sem mangas, precisa saber que há algumas peças clássicas de qualquer guarda-roupa que casam perfeitamente com essa tendência. “Suéters, camisas de algodão, malhas justas, seda, calças de alfaiataria e jeans são os melhores materiais para se combinar à sarja que é o tecido mais encontrado nesse tipo de casaco”, finaliza. E aí, vai encarar?