Campanhas da grife Jean Patou nos anos 1920 - Foto: Divulgação
Campanhas da grife Jean Patou nos anos 1920 – Foto: Divulgação

Com tantas grifes fechando lojas e até negócios inteiros, uma boa notícia surge no mercado de moda nesta segunda-feira (24.09). O grupo LVMH tem planos para relançar a grife Jean Patou no mercado, a partir do segundo semestre de 2019.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Patou assinou o uniforme da tenista Suzanne Lenglen e revolucionou a moda esportiva feminina - Foto: Getty Images
Patou assinou o uniforme da tenista Suzanne Lenglen e revolucionou a moda esportiva feminina – Foto: Getty Images

Criada pelo estilista de mesmo nome, a Jean Patou revolucionou naquela década o mercado de perfume e de sportswear femininos. Foi ele quem desenhou o look de quadra da tenista Suzanne Lenglen que, na época, chocou a sociedade: o comprimento da saia era na altura do joelho, e o modelo não tinha mangas. Ele também ficou conhecido por desenhar e popularizar os cardigãs.

Campanha da grife Jean Patou nos anos 1920 - Foto: Divulgação
Campanha da grife Jean Patou nos anos 1920 – Foto: Divulgação

Para o cargo de diretor de criação da nova empreitada, o grupo LVMH convidou o estilista Guillaume Henry, afirma o WWD. Henry tem passagens pela Nina Ricci e Carven. A coleção de estreia vai ter acessórios e será ready-to-wear.

O estilista Jean Patou revolucionou a moda esportiva - Foto: Reprodução/The Perfume Society
O estilista Jean Patou revolucionou a moda esportiva – Foto: Reprodução/The Perfume Society

Jean Patou morreu prematuramente, em 1936, aos 56 anos. Depois dele, assumiram a marca os estilistas Marc Bohan (1954-1956), Karl Lagerfeld (1960-1963), Jean Paul Gaultier (1971-1973) e Christian Lacroix na sequência, até o fechamento da label, em 1987, quando Lacroix deixou o posto para abrir sua própria marca.

Leia mais:
10 coisas que amamos do desfile de verão 2019 da Dolce & Gabbana
10 coisas que amamos do verão 2019 da Ferragamo
10 coisas que amamos do verão 2019 de Versace