Por Luigi Torre

O boho e suas estampas paisley não são elementos novos no repertório de Joseph Altuzarra, mas a forma como são trabalhadas confere certo frescor ao seu inverno 2016. O ponto de partida foi a atitude algo esotérica e libertária dos vampiros do filme Amantes Eternos, de Jim Jarmusch. Vem daí o modo mais livres de como prints e texturas se combinam ao longo da coleção. Estamos falamos de miniflorias, junto a franjas, jacquard metalizados e mais toda uma riqueza de tecidos de acabamentos artesanais, tipo tapeçaria.

A sua silhueta, aquela acinturada e composta por saia lápis de fenda ousada, blusa e blazer, também chega mais solta e agora arrematada por botas de cano alto. As sobreposições correm soltas: vestidos de motivos indianos ou marroquinos sobre blusas de gola rulê listradas, maxicasacos de gorro forrado com pele de cordeiro, sobre tops ajustados ou calças com recortes esportivos ou vestidos que pareciam feitos de lenços. E se o saldo total não se mostra exatamente revolucionário, é, contudo, bastante atual. Afinal, essa colagem livre e quase aleatória de múltiplas referências é traço dos mais relevantes hoje em dia.