John Galliano em seu último desfile para a Dior, em janeiro de 2011 - Foto: Getty Images

A Justiça francesa marcou para o dia 4 de fevereiro de 2013 a primeira audiência do processo que John Galliano move contra a Dior. Segundo informações do jornal britânico Daily Telegraph, o ex-diretor criativo da Maison pede US$ 18,8 milhões em sua ação trabalhista, cerca de R$ 38 milhões. Galliano foi demitido em março de 2011, depois de ser acusado de fazer comentários antissemitas a um casal que jantava em um restaurante em Paris. No último dia 24 de agosto, o estilista perdeu sua condecoração da Legião de Honra Francesa.