A estilista em seu ateliê - Foto: Ale Gustavo
A estilista em seu ateliê – Foto: Ale Gustavo

Por Vanessa Barone

O sucesso como estilista de noivas e celebridades fez com que outro lado da estilista Lethicia Bronstein ficasse menos conhecido: o de designer de prêt-à-porter. No setor há quatro anos, ainda tem gente – suas clientes do serviço sob medida, inclusive – que se espanta com a descoberta. “Várias entram aqui e dizem que nunca tinham visto minhas peças para o dia a dia”, diz Lethicia, cuja nova coleção de verão 2020 já está nas araras de sua loja-ateliê, em São Paulo.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A incursão pelo universo casual se deu após a coleção especial que Lethicia desenvolveu para a Riachuelo, em 2015. “A coleção foi um sucesso, inclusive entre as minhas clientes do sob medida”, relembra a designer, que viu no trabalho uma oportunidade de ampliar o seu campo de atuação. Hoje, a coleção casual Lethicia Bronstein também pode ser encontrada em cinco butiques multimarcas e, em breve, será vendida pelo site Farfetch. Há um projeto para lançar um e-commerce próprio no ano que vem – o que deve fazer a linha crescer.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Atualmente, de seu QG no Itaim, que reúne loja, sala para noivas e oficina com 30 costureiras, sai a maior parte das criações que, além dos vestidos de festa ricamente bordados, incluem uma linha de camisaria 100% algodão – feita por alfaiate -, jeans, calças e vestidos para o dia a dia. A mão precisa da estilista pode ser reconhecida nas peças. “Cuido muito da modelagem”, diz. “Tenho clientes que deixaram de usar outras marcas de jeans, pois se apaixonaram pelos meus modelos, que têm cintura mais alta e vestem muito bem.”

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O toque artesanal, a escolha cuidadosa da matéria-prima e o uso de diferentes tipos de renda são algumas das características reconhecíveis nas peças que, nesta temporada, trazem tonalidades pastel, cheias de delicadeza. Os valores variam de R$ 500 a R$ 4 mil. “O DNA da marca está presente”, afirma. E é isso que suas clientes querem: elegância sem abrir mão do conforto.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Para este verão, Lethicia buscou referências em brechós durante uma viagem a Los Angeles. “As roupas trazem muito do estilo boho e do hippie chic”, define a designer, que brincou com texturas e usou a renda em detalhes ou em peças inteiras. “É como se as roupas tivessem sido customizadas e, com isso, ganharam um ar atemporal e uma beleza eterna.”

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A versatilidade também foi uma preocupação. “Gosto de criar modelos que possam ser usados em mais de uma ocasião”, afirma ela, que desenhou vestidos que combinam tanto com sandálias rasteiras, para uma tarde à beira-mar, quanto com saltos altos e joias poderosas. Tudo com pitadas de sensualidade na medida, com fendas e transparências. “Aliás, acho que essa é a verdadeira identidade da marca: as roupas que deixam a mulher mais bonita, nesse jogo de mostrar e esconder”, resume Lethicia.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A aposta no segmento prêt-à-porter não significa que a marca esteja deixando o serviço sob medida de lado. “Ele sempre terá espaço, pois quem experimenta uma peça feita dessa forma fica viciada”, brinca. No entanto, Lethicia vê mudanças no comportamento. “As mulheres, atualmente, buscam menos ostentação, mesmo que invistam e valorizem todo o ritual de um casamento”, afirma.

Leia mais:
Simpatia: Camila Queiroz revela que guardou pedaço de bolo de casamento
Top 5: Lethicia Bronstein comenta melhores looks do Bafta