Lilly Sarti olha para os anos 70 e as obras de Burle Marx

Pesquisa têxtil imprime imagem ainda mais luxuosa a grife

by elav
Fotos: Agência Fotosite

Fotos: Agência Fotosite

Por Luigi Torre

Os anos 1970 e as obras de Roberto Burle Marx são as duas principais referências para o inverno de tons terrosos de Lilly Sarti.

Uma coleção que, enquanto reafirma silhueta e formas já conhecida da marca (os mínis os tops geométricos, a calça seca e fluida), traz toda uma nova abordagem nos materiais.

Evidente desde o primeiro look – longo casaco de couro de ovelha usada do avesso, com minivestido de crepe -, há toda uma pesquisa têxtil, que imprime imagem ainda mais luxuosa.

Clique em nossa galeria para ver looks selecionados da passarela da grife, em desfile realizado nesta quarta-feira (05.11), no SPFW: