Logomania: grifes internacionais estampam logotipos sem medo do “cafona”

Exibir símbolos de grifes deixou de ser recordação das décadas de 1980 e 1990

by Renata Brosina
Fendi Inverno 2018 / Chanel Inverno 2018

Fendi Inverno 2018 / Chanel Inverno 2018

Até pouco tempo atrás, peças com nomes e símbolos de grifes em destaque eram vistas com maus olhos. Isso porque, após a febre logomaníaca nas décadas de 1980 e 1990, andar por aí com etiquetas, bordados e estampas evidentes estava longe de ser chique e cool. Em meados dos anos 2000, foi a vez de esconder as etiquetas da Calvin Klein, as alças das bolsas da Fendi e alguns modelos da Louis Vuitton, como a it-bag Neverfull, ganharam suas versões sem o monograma, o canvas Damier Azur e Ébène.

Balenciaga-Inverno-2016

Passando por um longo período de tentativas de marcas para tornar a estética bem-vinda novamente, foi só com a chegada de Demna Gvasalia aos holofotes que os códigos mudaram. Os jovens moderninhos desejavam as jaquetas amplas – e volumosas – com golas bordadas Balenciaga e meias de algodão escritas “Vetements” da temporada de inverno 2016. Ele, que comanda as duas labels, acreditou no poder de estabelecer uma nova relação, uma espécie de refresh para o visual que a geração Millennial ainda não tinha acompanhado.

Gucci Resort 2018 / Dolce & Gabbana Verão 2017

Gucci Resort 2018 / Dolce & Gabbana Verão 2017

Entre os adeptos que seguiram o estilista georgiano estavam Alessandro Michele para a Gucci e a dupla da Dolce & Gabbana. Com brincadeiras relacionadas ao nome das grifes, as camisetas da Gucci estamparam “Guccy” para o resort 2018 e as iniciais da Dolce & Gabbana foram adaptadas para Docce & Gabinetti.

12-Stella-McCartney-Pre-Fall-18

Para o pre-fall 2018, até as marcas mais elegantes, como Valentino e Stella McCartney, entraram para o jogo e criaram verdadeiros desejos para as fashionistas, com direito a formas ainda mais ousadas – e evidentes. Enquanto Pierpaolo Piccioli entrou para a linguagem “Cool kid” e manteve apenas as consoantes “VLTN” nas bolsas, casacos e ponchos, Stella grifou o seu nome de um jeito fun, com direito a intervenções gráficas e letras enormes.

Aqui, uma seleção de propostas que prometem deixar o ar “cafona” bem no passado.

Miu Miu resort 2018 / Louis Vuitton x Supreme Inverno 2017 / Helmut Lang Verão 2018

Miu Miu resort 2018 / Louis Vuitton x Supreme Inverno 2017 / Helmut Lang Verão 2018