Fotos: reprodução
Fotos: reprodução

 

Por Luigi Torre

A mensagem era clara. Podia ser sentida já pelas duas primeiras músicas da trilha sonora: Children of a Revolution, do, T-Rex, e Fight the Power, do Public Enemy. Ou ainda nas estampas telegráficas dos primeiros looks da Marc by Marc Jacobs, como Outr Future e Solidarity. O incomodo e insegurança do mundo de hoje acabou influenciando as estilistas Luella Bartley e Katie Hillier.

Vem daí seu exército de fortes garotas cool, que deixaram as raves do verão passado para protestar por um mundo melhor. Fazem isso ainda com a roupa da festa da noite anterior, trocando, aos poucos, as cores vibrantes de antes, por um tons mais fechados e densos. Aderem também a todo um novo apara aparato militar, traduzido em bolsos cargos, zíperes e dragonas. Porém, sempre com toques femininos – o mais óbvio deles, uma cintura bem marcada. Fazem isso também conhecendo seu passado, o incorporando no seu presente, para dar a cara ao futuro.

É assim que referências vitorinas e eduardianas se misturam com elementos dos anos 1960, 1970, 1980 e 1990. Tecidos também se sobrepõem, bem como pede a tendência de texturas do momento. E tudo junto e ao mesmo tempo, como as imagens que inspiram seus painéis no Pinterest ou suas dashboards do Tumblr.

Clique para ver looks selecionados da passarela da grife, em desfile realizado nesta terça-feira (16.02), na semana de moda de Nova York: