Showroom de Patricia Bonaldi em Paris - Foto: divulgação
Showroom de Patricia Bonaldi em Paris – Foto: divulgação

US$ 1,3 milhão: foi esse o resultado das vendas do grupo brasileiro que armou showroom em Paris durante a última semana de moda. Apoiados pela Texbrasil (Programa de Internacionalização da Indústria da Moda Brasileira), em parceria com a Abest e a Apex-Brasil, as 17 marcas que estiveram por lá, distribuídas entre feiras e showrooms, tem expectativas ainda mais promissoras para os próximos meses: a projeção é que esse faturamento chegue a quase US$3 milhões ao longo do próximo ano.

Entre o grupo, três estreantes do SPFW: GIG, PatBo e Apartamento 03. Enquanto celebra dez anos de vida e promete um desfile inspirado em uma viagem pelo Uzbequistão em seu debut nas passarelas paulistanas, a GIG comemora também mais de uma dezena pontos de venda internacionais – entre eles, a badalada L’Eclaireur, em Paris, e a Joseph, em Londres.

Também habituée das feiras parisienses, a PatBo ganhou companhia, nesta temporada, de outra grife pertencente ao grupo comandado por Patricia Bonaldi. Recém-adquirido pela holding da estilista, a Apartamento 03 marcou presença na Vendôme Luxury e fechou com multimarcas em Seoul, Taiwan, Itália e Arábia Saudita logo nessa primeira edição. “Foi um resultado muito expressivo para uma estreia, ficamos muito felizes”, conta Patricia.

Os números da edição já impressionam, mas a Apex-Brasil ambiciona crescê-los ainda mais: a temporada marcou também o lançamento da Brasil Beyond, marca desenvolvida pela instituição para comunicar lá fora que o Brasil vai muito além do País do Carnaval e futebol, e, por consequência, provar a força do país como um bom parceiro comercial.