Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

“A lingerie certa para nos sentirmos poderosa é aquela que nos faz feliz”, afirma Marina Ruy Barbosa sobre escolher a lingerie certa para se sentir poderosa. A atriz, que é a estrela do verão 2020 da Valisere, bate um papo exclusivo com a Bazaar sobre empoderamento feminino, sensualidade e muito mais.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Veja a seguir:

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Qual é o tipo de lingerie que você usa para seduzir?
Dependo do dia, da inspiração. Mas é sempre algo que foge do básico. Eu adoro lingerie com detalhes, com um design diferente, feita com tecidos e rendas que ajudam a desenhar o corpo.

Você já disse que ama lingerie colorida! Mas, quais são os principais detalhes estéticos que você prioriza na hora da escolha, para garantir sensualidade?
No dia a dia, aposto nos conjuntos coloridos. Adoro estar combinada. E invisto em peças divertidas. Na lingerie em dias “especiais”, a cor faz muito diferença. Recortes e transparências tornam a calcinha, o sutiã ou o body mais sofisticados, com cara de produção especial.

Qual modelo de sutiã é o melhor para você?
Não tenho um modelo ideal. Mas a combinação entre conforto e beleza é bem importante para mim. Imagina passar um dia inteiro de gravação, seis ou sete horas dentro do set, com um sutiã apertado. Não rola!

Quando opta por um look que mostre a lingerie, qual é a prioridade?
Aposto nas rendas nestas ocasiões de lingerie à mostra. E opto por peças que conversem entre si, como camisa e jeans. Fica cool, chique e cheio de personalidade.

Alguma dica para quem ama o estilo?
A dica é saber o que cai bem em você, o que te traz conforto e segurança. É isso que faz a gente “segurar o look”. E a medida para isso é pessoal e intransferível (risos). Se te faz feliz, pronto!

Você prefere o modelo body ou duas peças?
Para o dia a dia, conjunto de duas peças. É mais prático.

Na sua opinião, qual é a importância de escolher a lingerie certa para se sentir poderosa?
Empoderamento é também segurança, confiança. A lingerie, assim como uma maquiagem, uma mudança no cabelo… tudo isso interfere na autoestima e na maneira como a gente cuida da gente. A lingerie certa para nos sentirmos poderosa é aquela que nos faz feliz. Porque a liberdade de escolha custa caro, e devemos exerce-la!

Leia mais:
10 dicas de estilo de Marina Ruy Barbosa
Marina Ruy Barbosa: “gosto de lingerie inusitada e colorida”