Foto: Christian Maldonado /Harper's Bazaar Brasil
Giulia usa vestido Candy Brown e brincos LOOL – Foto: Christian Maldonado /Harper’s Bazaar Brasil

Por Rosana Rodini

Verde acalma, traz equilíbrio ao corpo e ao espírito. Foi esse o motivo da escolha de Giulia Alterio para pintar as paredes de sua nova casa, um charmoso apartamento nos Jardins. Aos 23 anos, a estilista deixou, há pouco, o conforto da casa da mãe, a também estilista Candy Brown. Com a ansiedade natural dos jovens, achou que a cor ajudaria no novo momento. Acertou. Recém-formada, com diploma de Moda pelo Istituto Europeo di Design, nossa personagem aproveita com tranquilidade sua fase. “Já me sinto em casa. E casa boa é aquela que tem história”, diz, enquanto aponta um lustre de cristal. “Era do meu avô.”

Lustre de cristal que herdou do avô, pufes que trouxe do Marrocos e obra de Marcelo Nitsch Foto: Christian Maldonado /Harper's Bazaar Brasil
Lustre de cristal que herdou do avô, pufes que trouxe do Marrocos e obra de Marcelo Nitsch – Foto: Christian Maldonado /Harper’s Bazaar Brasil

Às peças herdadas, soma relíquias que traz de suas andanças pelo mundo. “Aquela foto antiga do Mick Jagger é de uma galeria de NY.” No outro canto, pufes do Marrocos e uma caixa de som americana, na qual costuma escutar Chico Buarque, Caetano Veloso e outras brasilidades. Acima, quadros de Wesley Duke Lee. Juntou tudo. Fez um lar.

Giulia usa camiseta American Apparel, blazer Andrea Marques e calça Prada. Óculos Cutler & Ross e sapatos Yves Saint Laurent - Foto: Christian Maldonado /Harper's Bazaar Brasil
Giulia usa camiseta American Apparel, blazer Andrea Marques e calça Prada. Óculos Cutler & Ross e sapatos Yves Saint Laurent – Foto: Christian Maldonado /Harper’s Bazaar Brasil

Giulia é dessas mulheres que sabem muito bem o que querem: “Ser bem-sucedida profissionalmente e independente. Uma business woman”, pontua. Está no caminho certo. É dona da Candy (segunda marca do Atelier Candy Brown, de sua mãe), etiqueta de vestidos de festas que, há três anos, virou referência entre garotas feito ela: com pouca idade, mas cheias de estilo.

Louças pintadas à mão pela avó de Giulia com a inicial da família. Dentro das xícaras, brincos Cris barros e joias vintage. no tapete comprado no marrocos, sapatos que trouxe da Índia  - Foto: Christian Maldonado /Harper's Bazaar Brasil
Louças pintadas à mão pela avó de Giulia com a inicial da família. Dentro das xícaras, brincos Cris barros e joias vintage. no tapete comprado no marrocos, sapatos que trouxe da Índia – Foto: Christian Maldonado /Harper’s Bazaar Brasil

Quando não está vestindo uma de suas criações, prefere peças funcionais. “Do Brasil, uso Andrea Marques. Também gosto da Barbara Casasola e Adriana Degreas.” Diz que ama Stella McCartney, as coleções cheias de estampas de fruta da Dolce & Gabbana e Céline. “Mas também vivo de Zara, Uniqlo e Topshop. A moda é muito descartável para se gastar fortunas com ela”, analisa. Armário fast fashion que ganha upgrade com “empréstimos” da mãe. “Bolsas, bijuterias, chapéus, lenços, blazers… é tudo meu”, brinca Candy.

Assine Harper’s Bazaar Brasil