Busca Home Bazaar Brasil

Moda sustentável: Adidas anuncia tênis reciclável

Produto será distribuído de forma gratuita neste ano e só chega ao mercado a partir de 2021

by redação bazaar
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O processo veloz e barato de produção de roupas e acessórios ainda é dominante, mas algumas iniciativas nos últimos anos pretendem mudar toda a lógica construída pela indústria até então. Agora, é a vez de uma das maiores marcas de calçados esportivos e casuais do mundo: a Adidas. Depois de lançar tênis icônicos, como o Originals e o Adidas NMD, chegou a vez de um produto completamente reciclável.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

O nome é sugestivo: Futurecraft Loop. O objetivo do novo calçado é aproveitar todos os materiais presentes na fabricação do calçado. Apesar disso, por enquanto apenas 10% do tênis esportivo poderá se transformar em um novo acessório de corrida. De acordo com a empresa, a limitação foi imposta para não comprometer o desempenho do produto fabricado com o material do Futurecraft.

Com o tempo, a Adidas informou ter a intenção de aumentar esse índice de forma progressiva. As primeiras unidades serão lançadas ainda este ano e distribuídas gratuitamente pela empresa.

Até o momento, segundo a companhia, apenas algumas pessoas receberam a nova criação para testes e análises. Portanto, o tênis só deve ser lançado comercialmente em 2021. Um dos principais intuitos da marca é reduzir os impactos do descarte de plástico – matéria-prima muito utilizada na fabricação de calçados.

Atualmente, cerca de 5 trilhões de resíduos plásticos boiam nos oceanos. Boa parte desses materiais é digerida por animais marinhos, que ficam sufocados pelos dejetos e acabam morrendo. Além da Adidas, outras empresas se preocupam com o modo de produção dos calçados e com o meio ambiente. Em 2018, a Vivobarefoot, outra fabricante de tênis, sediada nos Estados Unidos, lançou um sapato produzido a partir de 17 garrafas PET.

A empresa fabrica produtos recicláveis desde 2015, com coleções que chegam a ter 50% de PET reutilizável. “Acreditamos que o sapato perfeito deve ter interferência mínima com movimentos naturais e impacto mínimo no meio ambiente. Fabricamos sapatos sustentáveis que sejam saudáveis para nossos consumidores e o planeta. Os materiais são apenas parte do desafio, mas tudo ajuda em nossa jornada para fazer menos… sapatos”, disse Asher Clark, diretor criativo da marca, na época do lançamento do calçado.

O movimento da moda sustentável é apoiado por outras marcas de vestuário preocupadas com a quantidade de poluentes, com o desmatamento e os modos de produção tóxicos ao meio ambiente. Eles se posicionam contrários à lógica da economia linear tradicional, no qual a velocidade e a mão-de-obra barata são alguns dos principais pilares da fabricação de um produto. O objetivo dos precursores dessa iniciativa é mudar toda a cadeia produtiva, desde o cultivo da matéria-prima, passando pelo trabalho de fabricação e pela distribuição.

Alguns dos principais métodos aplicados são o uso de fibras orgânicas sem aditivos químicos; reutilização de tecidos e outros materiais; aplicação de colas menos tóxicas e corantes naturais; e a fabricação de peças mais duráveis, já que o estilo rápido de produção valoriza o consumismo e o descarte dos produtos em um curto período de tempo, de acordo com os defensores da moda sustentável.

Leia mais:
Fila e Haight renovam collab
Use o jeans como Gigi Hadid
Serena Williams vai de tênis ao baile do MET