Foto: Divulgação
Foto: Inès Manai/Divulgação

A estilista da Dior, Maria Grazia Chiuri, convidou artistas e artesãos de diferentes origens e culturas africanas para trabalhar em conjunto com ela na coleção de cruise 2020, que acaba de ser apresentada em Marrakesh. O objetivo da designer foi abrir o diálogo entre as culturas e criar uma verdadeira colaboração entre a Dior e os artistas.

Um dos nomes é Monsieur Pathé’O, que foi alfaiate do Nelson Mandela e responsável por suas camisas icônicas.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Foto: Divulgação
Foto: Inès Manai/Divulgação

Essas colaborações da maison trazem conscientização para o artesanato único e pouco conhecido de cada cultura e savoir-faire.

A coleção desta temporada é inclusiva, colaborando com outras culturas, obtendo tecidos 100% africanos e savoir-faire para a coleção, apoiando negócios locais e economia.

Assista em vídeo:

Leia mais:
10 looks que amamos da cruise 2020 da Dior
Dior faz homenagem a Mitzah Bricard com lenço estreito
Em vídeo: conheça a história da Lady Dior