Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Por Luigi Torre

Nas mãos de David Koma a Mugler ganha relevância no prêt-à-porter de luxo. A teatralidade e os exageros pop da marca, quando sob comando do superstylist Nicola Formichetti, agora dão lugar a um guarda-roupa sexy, do dia à noite.

Quando conhecemos a primeira proposta de Koma para a masion francesa (o resort 2015), ficou evidente a intenção de traduzir a modernidade e sensualidade da marca para termos práticos, oferecendo à consumidora peças que atendam a todas as suas necessidades. É exatamente isso que se vê na passarela: uma alfaiataria precisa, combinada a peças esportivas coladas ao corpo, ou vestidos com recortes e arremates metalizados.

A imagem pode não ser tão impactante quanto aquelas da época de Thierry Mugler em si e até mesmo de Formichetti. Mas a adequação desta mesma identidade e estilo à realidade e necessidade das mulheres reais garante sucesso a este début.

Clique em nossa galeria para ver looks selecionados da passarela de verão 2015 da grife, em desfile realizado neste sábado (27.09), na semana de moda de Paris: