Dayana Molina – Foto: Reprodução/Instagram/@molina.ela

A Nalimo foi fundada de uma necessidade pessoal da estilista Dayana Molina em consumir uma moda ambientalmente responsável e comprometida com a representatividade. As características da marca permeiam o estilo pessoal e posicionamentos da designer: minimalista e confortável.

A inspiração vem das raízes indígenas, matriarcas da estilista; sua avó materna nascida em território fulni-ô e sua bisa com raízes peruanas nascida em Lima. A força de seus ancestrais, a espiritualidade e sabedoria dos povos nativos são fonte de inspiração contínua no ativismo e posicionamento da estilista.

Nalimo – Foto: Reprodução/Instagram/@oficialnalimo

“Ainda na minha adolescência, me apaixonei pelos livros de antropologia. Aos 17 anos decidi cursar ciências sociais. Aos 19 eu deixei o sonho de ser uma cientista social pelo caminho. Trabalhei com moda para me manter na universidade e isso me afastou de algo que eu amava. Descobri outra paixão muito cedo: a criatividade. Pensava que eram caminhos muitos opostos seguir fazendo duas coisas que pareciam tão diferentes. Além de obviamente, precisar trabalhar para me manter. Fui estudar produção de moda e direção de arte”, conta Dayana.

Nalimo – Foto: Reprodução/Instagram/@oficialnalimo

Ela atua há mais de uma década na moda, levantando discussões emergentes na indústria. Criou a #descolonizeamoda e, por meio da iniciativa, propõe maior reflexão, visibilidade e protagonismo de criativos indígenas na moda, usando-a como ferramenta de luta e inclusão social, dando voz e espaço à outras mulheres que, assim como ela, cresceram sem referências artísticas e representatividade.

Nalimo – Foto: Reprodução/Instagram/@oficialnalimo

“Quando se pensa sob a lente eurocêntrica em um país latino, esse lugar de verdadeiras referências, torna-se abismo. Mas quando se produz de forma mais consciente, isso pode libertar pessoas dessa necessidade de padrões inalcançáveis. O designer pode apontar soluções reais para o futuro. E se o centro desse pensamento for o ser humano, isso se torna mais fácil e possível. Nosso poder de mudança está no relacionamento, na comunicação e nos diálogos”, define.

Nalimo – Foto: Reprodução/Instagram/@oficialnalimo

A Nalima tem seu próprio e-commerce e já participou de eventos importantes como a Casa de Criadores e Brasil Eco Fashion Week.