A H&M, gigante sueca do varejo de roupas, estuda a aquisição das operações da concorrente holandesa C&A.

Avaliada em aproximadamente 60 bilhões de dólares e com faturamento de 20 bilhões de dólares no ano passado, a H&M concorre diretamente com a espanhola Zara pela liderança do mercado mundial de um segmento que ficou conhecido como fast fashion.

As operações da C&A no Brasil são o alvo de maior interesse dos suecos, que há tempos estudam a entrada no país. Oficialmente, as duas redes afirmam que não há nenhuma negociação em andamento.

Um executivo da C&A no Brasil, que pede anonimato, confirma que representantes das empresas estão conversando. As informações são do blog Primeiro Lugar, do Portal Exame.