Foto: Reprodução

O Cantão preparou um presente especial para o dia das mães: matrioshkas com estampas exclusivas, inspiradas na cartela de cores e padronagens da coleção de Inverno 2012 da marca.

O tradicional brinquedo russo, que virou um dos símbolos do país, é cercado de significados e de lendas. O primeiro registro do conjunto de matrioshkas é de 1890, com oito bonecas. O nome vem do diminutivo para matryona, palavra russa que significa mãe.

Entre as lendas que cercam a criação do brinquedo está a do marceneiro russo que entalhou uma bonequinha de madeira, mas se apegou tanto à sua obra que não teve coragem de se desfazer dela. A boneca, que recebeu o nome de Matrioshka, surpreendeu seu criador ao começar a conversar com ele e acabou fazendo companhia para o solitário trabalhador.

Depois de algum tempo, o marceneiro percebeu que sua Matrioshka estava triste, e perguntou o porquê. Ela respondeu que se sentia sozinha e queria um filho ou filha. O carpinteiro então esculpiu uma bonequinha menor, que coubesse dentro da Matrioshka e a chamou de Trioshka. Depois de um tempo, a Trioshka também se entristeceu e o carpinteiro esculpiu uma outra boneca ainda menor, a Oshka. E assim se fez a tradição das matrioshkas.

Até o dia 13 de maio, as compras acima de R$ 350 em qualquer loja do Cantão, valem um conjunto bonequinhas russas da marca carioca. Fofo!