Foto: Agência Fotosite
Foto: Agência Fotosite

Por Syvlain Justum

A mineira Patricia Motta junta moda, arte e gastronomia para desenvolver um pomar particular, do qual saem ideias bastante femininas, construídas, como de hábito, com diferentes facetas do couro.

A silhueta é clássica, de aroma fifties – a década da vez, so far -, de cinturinha no lugar, comprimentos mídi, pelerines, basques e tops ajustados, que recebem barrado de zíper, atualizando e evitando a caricatura da ideia.

Entre os variados comprimentos de saias e vestidos, vencem os curtos pregueados e as mídis cheias de movimento, tingidas com a bela estampa frugal e aquarelada da coleção ou por cores de nomes sugestivos como limão, pitaia, jabuticaba, lichia e pitanga.

Florais vazados a laser em looks românticos all white, biker jackets e calças adesivas completam o equilíbrio entre hard e soft da coleção. Patricia parece ter se doado muito para chegar ao resultado visto na passarela, e isso merece reconhecimento.

Clique em nossa galeria para ver looks selecionados da passarela de verão 2015 da grife, apresentado nesta terça-feira (01.04) no SPFW: