Givenchy/Foto: Getty Images

Mais uma temporada de moda acaba de terminar em Paris e a gente começa a pensar mais sobre as tendências que surgiram, e lembrar os melhores momentos entre todos os desfiles que vimos nos últimos dias.

Neste clima apoteótico, selecionamos os desfiles que mais se destacaram na temporada, assim como algumas das principais tendências que devem pegar no inverno 2012/13:

Confira abaixo!

Givenchy
Mais uma vez, Ricardo Tisci deixa a turma da moda em polvorosa, com uma coleção dark e sensual, inspirada nas fotos de Guy Bourdin, que talvez seja sua melhor coleção até hoje. Atenção para a tendência equestre; uma das mais fortes da temporada, vista também em Pedro Lourenço, Yves Saint Laurent e Hermès.

Alexander McQueen
Os looks futuristas, as silhuetas monumentais, a leveza, o mix de materiais e o talento incomparável de Sarah Burton tornam esta coleção, uma das mais incríveis da temporada parisiense.

Balenciaga
A visão de Nicolas Ghesquière de como vestir a mulher moderna dividiu opiniões a respeito de alguns looks, mas deixou todos de acordo em relação a habilidade do designer de criar algo novo e assim ajudar a moda a caminhar para frente.

Valentino
Porque a gente adora ver roupas bonitas na passarela, e ninguém cria vestidos mais femininos do que a dupla Maria Grazia Chiuri e Pier Paolo Piccioli. Nesta temporada, seus tradicionais vestidos e construções ganham mais poder com couro preto e estampas folk.

Kenzo
Além do cenário divertido – três andares em que as modelos tinham que usar escadas rolantes para desfilar -, a segunda coleção de Humberto Leon e Carol Lim apresentaram uma coleção divertida, súper usável, que simplesmente dá vontade de ter!

Louis Vuitton
O mega cenário, o decorativismo em sua melhor forma, e a maior quantidade de bolsas e malas na passarela, em toda a história da grife, colocam a Louis Vuitton entre as melhores apresentações da temporada parisiense, além de consagrar Marc Jacobs como um dos maiores designers de sua geração.

Yves Saint Laurent
Em sua última coleção para a grife – o que chega a ser irônico -, Stefano Pilati apresenta seu melhor trabalho, com um desfile de mood dark, super sensual e glamuroso; fazendo com que o designer saísse ovacionado da passarela.

Lanvin
Alber Elbaz comemorou seus 10 anos a frente da direção criativa da marca com direito a cantoria após o desfile e uma coleção inegavelmente luxuosa, onde a tendência decorativista também marca presença.

Chanel
Karl Lagerfeld se reinventa a cada temporada, também bebe da fonte decorativista com sua coleção inspirada em cristais, em que as pedrarias surgem de todas as formas; no cenário, nas peças preciosamente aplicadas e até no make das modelos. Um hit.