Oversized domina primeiro dia da 46ª edição da Casa de Criadores

As peças levaram fluidez para a passarela

by redação bazaar
Weider Silverio - Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

Weider Silverio – Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

Por Marcela Palhão e Rodrigo Yaegashi

A 46ª edição da Casa de Criadores começou nesta terça-feira (27.11) com uma festa que nos fez viajar no tempo. Rober Dognani abriu a noite com personagens icônicos da noite paulistana dos anos 1980 e 90, seguido por duas marcas muito fiéis aos seus respectivos DNAs: a Cho.Project, com sua sutileza no olhar, e Alex Kazuo, com modelagens complexas.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

 

 

Na sequência, Jorge Feitosa nos convida para sair do casulo com um exército de meninos que caminham na busca para novas silhuetas. Um dos pontos altos da noite foi ver o desfile de Weider Silveiro, que fez uma alfaiataria impecável. O primeiro dia foi encerrado com a apresentação da Martins, em que Tom, estilista da marca, olhou para edredons, cobertas e toalhas e mistura tudo ao jeans.

Entre as peças de látex do primeiro desfile e a inspiração caseira do último, uma tendência se destacou: o oversized. Tanto vestidos, quanto macacões e calças ganharam modelagens mais amplas e fluídas, que demonstram que este tipo de peça funciona para todos os estilos e pode estar presente tanto no guarda-roupa masculino, quanto no feminino. Sobreposições e babados ajudaram a dar ainda mais movimento aos modelos, criando uma gama que pode ser incluída no dia a dia e em situações mais formais.

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

A Cho.Project provou que uma peça pode ser acinturada e oversized ao mesmo tempo. Entre vestidos longos, camisões e macacões, a marca apostou em amarrações para criar volumes e mangas compridas que alongam ainda mais a silhueta.

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

No desfile de Alex Kazuo, o oversized foi fundamental na criação de belos vestidos pretos esvoaçantes. As peças variavam entre modelagens mais fechadas e discretas e opções com fendas e decotes mais profundos. O excesso de tecido e o movimento deixam mais leves os vestidos que reúnem elementos pesados.

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

Foto: Marcelo Soubhia/Fotosite

A alfaiataria impecável de Weider Silverio ganhou proporções maiores na coleção apresentada na Casa de Criadores. Ombros arredondados e mangas compridas criaram o efeito oversized nas peças. Destaque para as calças com pegada streetstyle, que foram estampadas com frases que levantam questionamentos.

Leia mais:
10 coisas que amamos na 45º edição da Casa de Criadores
Blazer oversized: releituras do monocromático invadem o street style
Abuse das ombreiras oversized neste inverno