Prabal Gurung, pre-fall 2019 - Foto: Getty Images
Prabal Gurung, pre-fall 2019 – Foto: Getty Images

Já faz um tempinho que os anos 1980 são celebrados nas passarelas. E ainda há espaço para muito mais. Um sentimento de escapismo conecta passado e presente, rua e passarela. A nova proposta é brilhante e joga luz em alegres paetês e metalizados para serem usados a qualquer hora e agenda.

Antes de perguntar se será demais ir ao supermercado com uma saia reluzente, prefira: “Por que não?”. Essa extravagância democrática transforma “over” em “use sem medo” e, de quebra, traz boas doses de humor para quebrar a atmosfera cinzenta que persiste em vários países.

Referências vindas dos emblemáticos glam rock, disco e voguing sustentam o visual de efeito wow. Aliás, a série “Pose” – se não viu ainda, corra! – destaca o voguing, estilo de dança baseado em poses de modelos, que foi criado nos anos 1980, ficou pop impulsionado por Madonna na década seguinte e agora tem revival como performance e bandeira: o visual sem amarras contribui para a construção de uma postura de resistência, autoestima e liberdade de expressão.

Karol Conká engrossa o coro com os versos “Deixa ela andar como quer / Deixa ela ser quem quiser / Não importa se é homem ou mulher” em “Vogue do Gueto”, faixa do disco “Ambulante”.

As passarelas seguem de perto o movimento das ruas. As coleções para o verão 2019 reforçam o closet com paetês e metalizados em roupas e acessórios.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Rober Dognani, verão 2019 - Foto: Divulgação
Rober Dognani, verão 2019 – Foto: Divulgação

Na Versace, um super olho gatinho verde-azulado, por exemplo, levou a tendência para a maquiagem. No ar, paira um sentimento de fantasia superdeluxe, visto por aqui no verão 2019 de Rober Dognani. Inspirado na lendária boate Gallery, que agitou as noites paulistanas oitentistas, a coleção, repleta de brilhos e volumes, é pura ostentação.

Isabel Marant, verão 2019 - Foto: Getty Images
Isabel Marant, verão 2019 – Foto: Getty Images

Subir ou descer do salto para arrematar os looks é uma questão de estilo e também de momento. Você decide. Isabel Marant optou por sandálias altas acompanhando o macacão tomara-que-caia usado com barras dobradas, lembrando uma bermuda ciclista. Com a nova coleção focada no apagar das luzes da era disco mesclada a referências boho e à ideia da garota parisiense cool, Marant investiu em couro metalizado e lamês com aparência de papel dividindo a cena com peças em acid wash jeans.

Gucci, verão 2019 - Foto: Getty Images
Gucci, verão 2019 – Foto: Getty Images

Um retorno aos nightclubs também marca a coleção da Gucci, que tem laminados, glitter e lurex muito bem indexados ao mix & match que Alessandro Michele adora. Mas, veja, a vertente mais fresh une elementos com pesos diferentes: slides, coturnos e botinhas rasteiras são opções mais urbanas que minimizam o efeito glam.

Celine, verão 2019 - Foto: Getty Images
Celine, verão 2019 – Foto: Getty Images

Hedi Slimane – sempre redefinindo códigos da silhueta – preferiu uma bota caubói com pegada punk para acompanhar minivestidos de paetês bem anos 1980 na Celine.

Valentino, verão 2019 - Foto: Divulgação
Valentino, verão 2019 – Foto: Divulgação

Pierpaolo Piccioli arrematou com uma rasteira decorada com plumas o luxuoso longo de organza preta com diferentes bordados verde-água. O objetivo foi defender a liberdade de ser você mesma, sem seguir regras ou códigos. “Couture é uma maneira de olhar para o mundo”, explica no texto sobre a coleção da Valentino.

Saint Laurent, verão 2019 - Foto: Divulgação
Saint Laurent, verão 2019 – Foto: Divulgação

Nas últimas temporadas da Saint Laurent, Anthony Vaccarello sempre incluiu florais bold rebordados. Sem deixar pontos frouxos entre uma coleção e outra, eles reaparecem no verão 2019 cobrindo um playsuit misturando sexy e romance, dentro de um contexto que fala sobre empoderamento feminino, sofisticação e grandiosidade.

Prabal Gurung, pre-fall 2019 - Foto: Getty Images
Prabal Gurung, pre-fall 2019 – Foto: Getty Images

Do verão, o brilho avança para o pre-fall, com estilistas como Prabal Gurung dando ao paetê aparência descomplicada em cores de chiclete. Sinal de que quebrar regras promete virar mantra neste novo ano. A moda contribui sendo, naturalmente, não-conformista.

Leia mais:
Dourado vai fazer bonito nas festas do inverno 2019
Prata é o metalizado da vez em Nova York
Oito acessórios dourados para noivas de todos os estilos