Ana Barbosa (Another Agency e Supreme MGMT) veste Bottega Veneta – Foto: Jacob + Carrol, com edição executiva de Filipa Bleck, styling de Angel Macias, Beleza de Hiro Yonemoto, manicure de Akiko, arte de Ana Faunlagui e tratamento de imagem do Studio Bruno Rezende. Agradecimento: Niccolo Coffee

Por Patricia Carta

Chega de saudade? A música de João Gilberto, de 1959, embala bem os dias atuais. O sentimento inspira esta edição, que traz, com nova bossa, um estilo de vida que valoriza o passado e o recupera, muitas vezes com twist tecnológico. Na seção “Em Foco”, a visual merchandising e colunista de Bazaar, Camila Salek, conta que há estudos que apontam a nostalgia como recurso psicológico para ajudar a lidar com o estresse diário. Ao que parece, muitos de nós se sentem mais fortes, criativos e inspirados ao resgatar o passado. Ela diz que a nostalgia tem, sim, uma forte capacidade restauradora, e muitas marcas vêm explorando isso em quase todas as categorias de consumo. Tudo combinado e recombinado com tecnologias modernas para garantir a melhor interlocução com o público. De filmes a games, passando por comida, bebida, decoração e moda.

Moda sempre bebeu dessa fonte, disso sabemos bem. Não é a primeira vez, por exemplo, que a calça boca de sino, desde que virou febre nos anos 1970, volta para o nosso closet. Já pode reservar uns cabides. Memória afetiva está mesmo em alta e, também por isso, o tricô nos aquece neste inverno. Veja em “Macrotendência” quantos pontos ele ganha nesta temporada.

O saudosismo ainda chega às joias e acelera a busca aos brechós. Desperta lembranças, o que pode ser tão valioso quanto uma boa pedra. Em “Beleza”, fórmulas antigas somadas à tecnologia ganham a simpatia do mercado; e histórias bem contadas lotam podcasts. Branca Vianna, à frente da Rádio Novelo, nos reporta como passa as 24 horas do seu dia.

Ana Barbosa (Another Agency e Supreme MGMT) veste Bottega Veneta – Foto: Jacob + Carrol, com edição executiva de Filipa Bleck, styling de Angel Macias, Beleza de Hiro Yonemoto, manicure de Akiko, arte de Ana Faunlagui e tratamento de imagem do Studio Bruno Rezende. Agradecimento: Niccolo Coffee

Mas o refúgio consegue ir além de bons storytellings. Pode ser vivido de fato, e longe dos centros urbanos, como faz o casal Dimitri Mussard e Suada Rrahmani, no Vale do Paraíba. A sustentável Casa Catuçaba é um delicioso convite ao escapismo para os apreciadores de naturezas idílicas. Já os fãs de plantão de prédios-ícone e garimpeiros de estilos diversos, sabem viver bem na cidade, vide Alexia Hentsch, em “Fashionable”.

Mas, na real, toda essa mistura de sentimentos e a associação de passado a futuro, para sobrevivermos ao presente, prova que a nova ordem bagunçou o tabuleiro, como destaca a jornalista Patricia Favalle, na seção “Feature”. Sentimentos de não pertencimento e reconexão com a ancestralidade têm sido pautas recorrentes e necessárias. Em homenagem a Tereza de Benguela, liderança quilombola do século 18, que resistiu à escravidão por décadas, o dia 25 de julho foi instituído como o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, celebrado no País desde 2014. Razão pela qual ouvimos cinco mulheres inspiradoras, movidas por discursos que seguem ecoando. Pela data, também convidamos a advogada ativista, Juliana Souza, que atua em causas antirracistas, para perfilar a seção “At Work”.

E nossas modas trazem lugares de sonho, looks surpreendentes e mulheres guerreiras. Nas capas: Ana Barbosa, modelo que arrasa pelo mundo, e Camilla de Lucas, uma das finalistas do BBB 21, rainha da internet e dos memes. De quem podemos esperar muito mais nas passarelas e nas telas. Axé!