Foto: Agência Fotosite
Foto: Agência Fotosite

Por Luigi Torre

Assunto um tanto recorrente nesta temporada, a ausência de definição de gêneros aparece também no verão 2016 de Vitorino Campos. Com forte referencia aos anos 1990, o jovem estilista baiano retoma o minimalismo cool pelo qual ficou conhecido com uma série de looks de camisetas cropped, camisas de algodão alongadas em xadrez vichy, minissaias e tops de tricô ajustados em preto, branco e tons adocicados de azul e rosa.

O ponto de partida, porém, antecede tal década. É a relação entre Patti Smith e Robert Mappelthorpe, ícones da contracultura e de toda subversão entre masculino e feminino. Vem daí o foco em camisas e camisetas (peças favoritas de ambos), os lenços (acessório-chave dele) e o clima algo infantil (nas cores, nas minissaias e proporções reduzidas de alguns itens), tema que corre emana entre-linhas da moda e promete ganhar força nas próximas temporadas.

Confira na galeria seleciona os looks da passarela de verão 2016 de Vitorino Campos, no desfile realizado nesta quarta-feira (15.04), na semana de moda de São Paulo: