Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

O Projeto Estufa trouxe boas novidades para o line-up do SPFW e nomes para ficar de olho. Victor Hugo Mattos é, com certeza, um deles. O estilista autodidata criou a sua primeira coleção completa para o evento e surpreendeu.

Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

“Escolhi mostrar o meu DNA, olhar para dentro e rever tudo o que eu já produzi, as técnicas que eu já desenvolvi”, explica o designer. Para ele, um dos pontos mais difíceis da criação de uma coleção foi encontrar um tema que permeasse os looks. “Uma palavra que veio muito forte na época foi o mistério. Essa é uma atmosfera que eu gosto de transitar no meu afetivo e imaginário artístico”, conta. Muitas amarrações, referências étnicas e até mesmo religiosas – como os adereços de cabeça que ora lembravam orixás e santos católicos – fizeram parte do mood do desfile.

Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

A cartela de cores trouxe tons fortes, como vermelho, azul, laranja e verde militar, sempre misturado com o preto no fundo dos looks. Bordados, que são uma das características da marca, também estavam presentes em muitas das produções. “Eu penso muito que as peças são uma fantasia possível”, divide Victor Hugo. “São peças mais elaboradas e dramáticas, mas também existem aquelas que irão sair da passarela direto para o e-commerce.”

Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE
Foto: Ze Takahashi / FOTOSITE

Leia mais:
Helena Pontes traz ancestralidade para passarela do Projeto Estufa
Aluf: grife é destaque do Projeto Estufa no SPFW
Maquiagem da vida real inspira beleza de Gloria Coelho