Por Rodrigo Yaegashi e Guilherme Rodrigues

Felipe Oliveira Baptista na passarela da Lacoste, em 2014 - Foto: Getty Images
Felipe Oliveira Baptista na passarela da Lacoste, em 2014 – Foto: Getty Images

A Lacoste anunciou nesta quarta-feira (02.05) a saída de Felipe Oliveira Baptista da sua direção criativa. O estilista estava no cargo desde 2010 e foi responsável por rejuvenescer a marca francesa e mantê-la relevante em um mercado bastante competitivo. Relembrando a trajetória de oito naos do estilista à frente da label, Bazaar selecionou quatro momentos importantes do seu trabalho na empresa. Veja:

Desfile da Lacoste em Paris após 15 anos

Coleção de Primavera-Verão 2018 da Lacoste - Foto: Getty Images
Coleção de Primavera-Verão 2018 da Lacoste – Foto: Getty Images

Para a apresentação da coleção de verão 2018 da Lacoste, Felipe retornou a Paris, cidade de origem da marca. A grife ficou afastada das passarelas da semana de moda francesa por 14 anos, e realizada seus desfiles em Nova York. O estilista escolheu o Jardin des Tuileries para o regresso e apresentou, na ocasião, uma linha repleta de símbolos esportivos com uma boa dose de sofisticação.

Mudança de logo por uma boa causa

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No começo desse ano, a Lacoste substituiu temporariamente o tradicional logo de jacaré das suas camisas com as imagens de 10 espécies de animais ameaçadas para ajudar no combater à extinção. As peças, que faziam parte de uma edição limitada que apoiava a campanha “Salve Nossas Espécies“, lançada durante a semana de moda Paris, em março, foram um sucesso e se esgotaram rapidamente!

Substituindo o crocodilo, estavam o rinoceronte de Java, o tigre da Sumatra, o papagaio Kakapo, os golfinhos Vaquita e a tartaruga de Myanmar.

Parceria cool: Lacoste x Supreme

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Lacoste é conhecida pelo estilo preppy, enquanto a Supreme tem uma pegada streetwear moderna que todo mundo ama e quer, causando desejo imediato com seus produtos. A duas marcas se uniram em collabs que incluíram moletons, bolsas e chapéus, que fizeram bastante sucesso.

Rejuvenescer a marca

Primeiro desfile de Felipe à frente da Lacoste, em 2010 - Foto: Getty Images
Primeiro desfile de Felipe à frente da Lacoste, em 2010 – Foto: Getty Images

Tornar uma marca relevante é uma tarefa difícil, mas mantê-la como objeto de desejo é mais difícil ainda! Felipe fez um excelente trabalho em sua trajetória e não apenas rejuvenesceu a grife, fundada em 1933, como contou histórias com suas coleções. No meio do processo, Felipe deixou a marca mais urbana e desejável, mas manteve sua essência e imagem, compostas principalmente de sportswear, como criou Jean René Lacoste, famoso jogador de tênis francês, empresário e criador da Lacoste.