Quatro pedras preciosas que são hit na joalheria

Entenda sobre as gemas com as dicas da designer Andrea Murad

by redação bazaar
Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Os amantes de joias sabem tudo sobre as pedras preciosas. Hoje a Bazaar conversa com a designer Andrea Murad para saber quais são as gemas mais usadas e comercializadas no mundo. Entenda:

Esmeraldas

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Uma das mais desejadas dos últimos anos, as esmeraldas são tendência na alta joalheria. A pedra pertence à família do berilo, a mais nobre do seu grupo. Seu verde único é ocasionado pela presença dos elementos cromo, vanádio e ferro no mineral. Uma das mais usadas hoje é a esmeralda colombiana, que apresenta um tom esverdeado mais claro. É muito encontrada no Brasil, Colômbia e África.

Diamantes

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Uma das mais queridinhas e caras das pedras preciosas, o diamante traz uma clareza translúcida inconfundível. Disponíveis em diversas cores, como amarelo, laranja, vermelho, negro, rosa, entre outros. Quando bem lapidado, os diamantes são super raros e, quanto melhor o corte, lapidação, simetria e polimento, melhor o retorno de luz e maior seu valor.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Rubi

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

Considerada a pedra da paixão e amor, o rubi pode ser encontrado em tons variados transitando entre o vermelho vivo e o rosa escuro. Sendo considerada como umas das pedras mais preciosas e raras, ela é da mesma família da safira. Rubis de excelente qualidade apresentam um vermelho vibrante, levemente púrpura. Hoje, o valor do rubi natural é muito elevado, pois existem pouquíssimas minas para extração – a maioria fica na Birmânia (Myamar), que está em guerra.

Água-marinha

Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

A água-marinha é a variedade azulada do mineral berilo, que teve o elemento ferro incorporado proporcionado este tom turquesa à gema. A maioria de cristais de água-marinha provém de depósitos geológicos de rocha pegmatito, muitos dos quais se encontram no Brasil, o que transforma o País na maior fonte de água-marinha do mundo. Muito usada pela realeza londrina. É um berilo igual a esmeralda, porém com mais abundância na natureza.

Leia mais:
Tiffany anuncia e exposição “Vision & Virtuosity”
Bulgari: B.zero1 celebra 20 anos com arte
Três relógios-braceletes para levantar o seu look