À esq., brinco de ouro, rubi, turquesa, abalones vermelhos, spondylus laranja e coral peau d’ânge; À dir., brinco de ouro, rubi, safiras laranjas, spondylus laranja, abalones vermelhos e corais vermelhos - Foto: reprodução
À esq., brinco de ouro, rubi, turquesa, abalones vermelhos, spondylus laranja e coral peau d’ânge; À dir., brinco de ouro, rubi, safiras laranjas, spondylus laranja, abalones vermelhos e corais vermelhos – Foto: reprodução

Por Ligia Carvalhosa

Vêm de uma viagem ao México algumas das principais referências que dão origem à nova coleção de Rodrigo Massot, a El Dorado. “Sempre me interessei por civilizações antigas e fui para lá conhecer mais in loco”, diz o joalheiro, que dá roupagem contemporânea aos elementos das culturas pré-colombianas.

Ao todo, são 35 peças únicas, com materiais e pedras garimpadas em antiquários locais. “São peças com história e que falam sobre a nossa origem latina.” Rubis, safiras, turquesas, corais e conchas, esculpidas à mão, se contrapõem a cortes de ébano, pau-brasil e cipó, materiais que já viraram assinatura desse designer brasileiro que gira o mundo atrás de novas inspirações.