Espaço na loja da Cartier, no shopping Cidade Jardim, voltado para as noivas - Foto: Divulgação

A Cartier faz festa nesta quarta-feira (22.08) para comemorar a inauguração de sua nova loja em São Paulo, no shopping Cidade Jardim. Juan Carlos, diretor da marca para a América Latina, está no país para o evento e, em conversa com o blog da Harper’s Bazaar, conta que o projeto do novo espaço é o mais moderno da grife. “É como uma montadora, que lança novos modelos de carros até chegar à perfeição. O arquiteto Bruno Moinard ajustou detalhes e a loja exala o espírito e a elegância da Cartier“, resume o executivo.

Juan Carlos afirma que a Cartier nacional está focada no público masculino e nas noivas. “Dedicamos um espaço apenas para a linha bridal, com vasta opção de alianças. A grife oferece também grande área aos relógios, sobretudo os masculinos, mas há também modelos para mulheres.” Tanto que, neste canto, a decoração é sóbria, com tons terrosos e couro nas bancadas e paredes.

Em relação aos outros países, o Brasil se destaca pela procura de joias que tenham diamantes. Os anéis são os preferidos das brasileiras, mas as pulseiras também são sucesso de público. Por agora, a Cartier não terá uma linha exclusiva de acessórios para o país, mas faz planos para, nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, preparar alguma linha nova. “O brasileiro adora exclusividade e coleções especiais”, lembra.

Para os colecionadores de relógios, o country manager Maxime Terneaud aponta a coleção Fine Watch Making, que traz peças elaboradas que mostram o mecanismo do funcionamento da máquina. Além de joias, a loja da Cartier no Cidade Jardim tem ainda linhas de bolsas, cintos, carteiras, canetas e perfumes, entre outras.

O próximo plano da marca é abrir uma loja no Rio de Janeiro. A estreia está prevista para dezembro de 2012, no VillageMall. “O espaço terá cerca de 160 m² e um projeto bastante similar ao de São Paulo”, antecipa Juan Carlos.

Por Carol Hungria