Foto: Giovanna Gebrim

Renata Buzzo estava com tudo pronto para participar da Casa de Criadores quando veio o convite do SPFW. “O projeto inicial era participar dos dois eventos”, conta a estilista, que teve de optar pelo novo caminho em função da proximidade das datas.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

A nova coleção vem do poema Estudos Melancólicos, que ela escreveu em fevereiro. “Os versos dialogam com fases de torpor, depressão, máscaras sociais que colocamos para sobreviver, meu lírico feminino, maternidade e medos”, conta. Tudo isso se intensificou durante a pandemia e alinhavou sutilezas nas peças que podem ser encomendadas já.

Foto: Giovanna Gebrim

O verso “não costuro meus degraus”, por exemplo, conversa com os bordados feitos com retalhos – lembrando plumas, em nós ou soltos fazendo o efeito drapeado –, quase sempre cetins e musselinas. “O aspecto denota fragilidade”, analisa, como os remendos que surgem no poema.

Foto: Giovanna Gebrim

Esses efeitos decoram peças com cara de pijama e vestidos com silhueta ampla em azul celeste, roxo, preto, neutros, pink e verde folha. Para arrematar, brincos de cerâmica e ouro em formato de nó, desenvolvidos em parceria com o ateliê Ímpar. O fashion film que apresenta a coleção foi dirigido por Thiersys Wender com styling de Marcio Banfi. Tem pegada conceitual e foi gravado no bosque municipal de São Pedro com duas modelos, na tentativa de captar o ambiente imagético do poema. “O que você vê não é real.”

Veja abaixo alguns trechos do poema e as peças criadas com esta inspiração: