Rick Owens discute queimadas e meio ambiente na coleção de verão 2022
Foto: Reprodução/WWD

Por Rodrigo Yaegashi

O quarto dia da semana de moda de Paris começa com a coleção intitulada “Fogachine” (máquina de fumaça), de Rick Owens, trazendo a questão das queimadas, meio ambiente e um mundo sustentável para a passarela montada no Palais de Tokyo.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Como já diz o nome da coleção, as mudanças climáticas surgem nas peças em uma reinterpretação do movimento das cortinas de fumaça, fuligem e cinzas, representadas na cartela de cores. Os tons avermelhados, terrosos e amarelo completam o desfile, que conta com a alfaiataria desconstruída da marca, seu trabalho impecável de drapeados, que é complementada por botas de salto altíssimo em uma alusão a nos proteger do calor que emana do solo queimado.

O desmatamento é representado por decotes, fendas e aberturas nas peças, que trazem sensualidade à proposta, mas que, ao mesmo tempo, expõem a fragilidade, perigo e os danos que estão sendo causados ao planeta. Este olhar sensível e atual de #rickowens é sempre esperado, afinal, provocar é seu maior trunfo!

Veja na galeria dez looks que amamos da coleção: