Croquis da Animale - Foto: divulgaão
Croquis da Animale – Foto: divulgaão

Por Carol Hungria

Nesta segunda-feira (13.04) é dada a largada para a edição de verão 2016 do SPFW, que tem como principal QG o parque Cândido Portinari, onde acontece a maioria dos desfiles da temporada.

Quem abre a maratona fashionista é a Animale, comandada pelo estilista Vitorino campos, que olha para o movimento de vanguarda Café Society para criar as peças da estação. O grupo vivia entre Paris, Londres e Nova York entre os anos 1920 e 1960, formado por estrelas do cinema, intelectuais, artistas, celebridades e esportistas que influenciaram a estética da época.

A aposta da vez é a silhueta próxima ao corpo e alongada, com formas geométricas e assiméticas e uma pitada esportiva sem perder a sensualidade. Nos acessórios, a referência é a raquete de tênis dos anos 50, esporte ícone dos que curtiam o estilo “Bright Young things”. Assim surgem as sandálias, feitas artesanalmente, misturando madeira e plástico, complementadas por pulseiras e colares com metais e extensores. As bolsas de couro, para serem usadas no ombro ou nas mãos, fecham o conjunto de acessórios.

Na cartela de cores, preto, branco, lima e coral. Entre os materiais algodão piquet, seda pesada, organza, malhas lisas e com texturas, crepe de lã virgem, crepe de chine e crepe bordado.

UMA

Mood board da UMA - Foto: divulgaão
Mood board da UMA – Foto: divulgaão

Segunda no line-up do primeiro dia do SPFW, a UMA chega fiel ao seu DNA focado na mulher contemporânea. Além de tecidos mais fluidos, como seda, linho, malhas de algodão, creponados e tricô, a marca traz trazer para as passarelas uma gama de acessórios com brins macios de composição algodão/elastano.

O tecido Baldwin, da Vicunha Têxtil, é a aposta para bolsas e sapatos que aparecem com um processo de estamparia marcado pelo toque artesanal, se distanciando da moda feita em escala e trazendo a naturalidade e riqueza do trabalho manual. Entre as peças-chave da grife estão as calças de pernas mais amplas e o macacão.

TNG

Mood board da TNG - Foto: divulgaão
Mood board da TNG – Foto: divulgaão

Terceira grife a mostrar seu verão 2016 nesta segunda, a TNG chega em um clima vintage na temporada. As referências são das mais divertidas, passando por Elvis Presley, o lifestyle havaiano e a moda praia retrô dos anos 1960.

PatBo

Mood board da PatBo - Foto: divulgaão
Mood board da PatBo – Foto: divulgaão

Em bate-papo exclusivo com Bazaar, Patricia Bonaldi revela que vai surpreender o público com seu novo shape para a temporada. “Geralmente eu renovo nas escolhas dos tecidos mas, desta vez, mudei a modelagem. As mulheres que consomem minha marca estão acostumadas com peças justas e próximas ao corpo. Preparem-se para algo muito diferente disso. Os anos 60 darão o tom da coleção. O couro também é uma das grandes novidades”, antecipa. “Resolvi desapegar do justo. Tem uns dois ou três looks que são mais ajustados, mas ainda assim eles estão fora do que eu costumo lançar, são midis quase longos. Têm também dois looks mais anos 50, com saia mullet”, entrega.

Cavalera

Artesanato indígena no verão da Cavalera - Foto: divulgação
Artesanato indígena no verão da Cavalera – Foto: divulgação

Fechando o primeiro dia de desfiles, a Cavalera promete surpreender com um desfile down-to-earth que faz um mergunho no universo cultural do índios Yawanawás, da Aldeia Mutum, no Acre. Para a apresentação desta temporada, Alberto Hiar, diretor criativo da marca, elegeu a Ilha Musical, grande área circular recoberta de grama, no centro do Parque Villa-Lobos. Cool!

Confira o line-up completo de hoje:
16h – Animale
17h30 – UMA
18h30 – TNG
19h – Lançamento da coleção “Punk Glam Chilli Beans by Swarovsky”
19h30 – PatBo
20h30 – Cavalera