A partir da esquerda: Colcci, UMA e Samuel Cirnansck/Fotos: Marcio Madeira

O segundo dia da edição de inverno 2013 do São Paulo Fashion Week ratificou a identidade de grifes tradicionais em momento de consolidação do calendário de moda brasileiro. Minimalismo (Uma), Barroco (Lino Villaventura e Samuel Cirnansck) e cultura street (Colcci) marcaram presença na tenda fashion do Parque Villa Lobos.

Ficou assim o top 5 do dia da Bazaar:

1. O desfile da Colcci reafirma a vocação street deluxe da grife catarinense. O pot-pourri de tendências que já estão nas ruas ganhou belo reforço de materiais e acabamento, em coleção sofisticada pronta para usar.

2. Na Uma, o corte seco da alfaiataria em preto e branco acerta a equação cool que faz a fama da marca, na qual textura amassada e conforto na modelagem casam perfeitamente.

3. O sapato peep toe de camurça e salto invertido desenvolvido pela Corso Como para Lino Villaventura sofisticou as vampiras foclóricas do estilista

4. As ombreiras e os peitorais estruturados que Samuel Cirnansck ajeitou em seus vestidos decorados, inspirados no Egito antigo, podem ser removidos e usados com uma simples t-shirt. Boa ideia!

5. O batom marrom é tendência e marcou presença nas passarelas do dia, combinado com pele limpa e olho nada.