Foto: João Arraes

Ela voltou! Juliana Jabour retorna ao São Paulo Fashion Week, após dois anos longe das passarelas, mantendo-se fiel ao seu DNA que mistura o streetwear ao romântico. Desta vez, a marca aposta em em uma parecia com a New Era, que completa cem anos em 2020 e é líder mundial em bonés – que amarram os looks de ares vitorianos da label.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Laços e babados são contraponto aos já desejados moletons que Juliana sempre apresenta. Destaque para a temática beisebol nas listras e patchs que a Bazaar ama. Entre saias longas, vestidos amplos, ternos e diversas referências ao universo esportista, a silhueta vitoriana equilibra as duas paixões da estilista.

“Tenho essa paixão por esporte desde sempre, é o tipo de coisa que gosto de acompanhar. Comecei minha marca com malharia e moletom e isso continuou comigo no decorrer do tempo. Crio sempre esse contraponto do streetwear com elementos mais femininos e românticos. E desta vez, ainda trouxe um pouco dos elementos punks dos anos 1980 para dar uma quebrada”, conta Juliana.

Veja os dez looks que conquistaram a redação da Bazaar:

Os vestidos

Fotos: João Arraes

Os elementos românticos e o ar vitoriano fica ainda mais óbvio nos vestidos. Longos, com babados, volumes e mangas bufantes, eles remetem ao universo do beisebol com as estampas, principalmente nas listras.

Moletom

Foto: João Arraes

Os moletons aparecem ao longo de toda a coleção da Juliana Jabour – e alguns fazem parte da coleção-cápsula que estará à venda na Cartel 011. Especialidade da estilista, eles são perfeitos para o street style.

Os casacos

Fotos: João Arraes

A coleção apresentada pela marca é construída com diversas camadas – e os casacos são essenciais para criá-las. Ombros amplos, silhuetas largas e golas destacadas, eles acompanham as modelagens que constroem a linha.

Os acessórios

Fotos: João Arraes

Os acessórios não apenas acompanham o mood de beisebol da coleção como também acrescentam um toque de punk dos anos 1980. Os bonés, em parceria com a New Era já são desejo.