A atriz Farrah Fawcett foi um dos ícones de estilo há quatro décadas e serve de referência para a nova moda setentista - Foto: reprodução/ Harper's Bazaar
A atriz Farrah Fawcett foi um dos ícones de estilo há quatro décadas e serve de referência para a nova moda setentista – Foto: reprodução/ Harper’s Bazaar

por Sylvain Justum

Ela veio chegando de mansinho até fincar franjas, fluidez, calças flare e padronagens quase kitsch no imaginário fashion. A década de 1970 é o mais recente universo a ser adotado como referência pelas principais grifes do planeta. Boho, disco ou glam rock, todas as facetas são permitidas.

No horário comercial ou no fim de semana, vestidos pelos joelhos, de saia plissada e mangas longas. Nos pés, pode optar: sandálias finas ou ankle boots completam bem a delicadeza toda, que deve ser realçada por uma cartela lavada. Ao mesmo tempo, tons terrosos, animal prints e o brilho do lamê, que já acendia looks desde o verão passado, não poderiam estar mais up to date. A beleza e os complementos, no entanto, seguem na contramão do exagero que a década sugeria.

Claro que não poderiam faltar as calças, muitas delas. Patte d’ef, boca-de-sino, boot cut, flare… chame como preferir, mas a barra da hora é longa e evasê. Base para túnicas, ponchos e tricôs de gola rulê, a peça pode vir lisa ou estampada de geometrias nada discretas, meio papel de parede.  Se a sua personalidade for mais tímida, um simples lenço amarrado na cabeça, com um belo par de óculos escuros – foi nos anos 1970 que eles viraram acessório fashionista de vez –, resolve.

A trend está no Shop Bazaar e em nossa galeria você descobre as peças que estão à venda por lá. Acesse, clique e compre!